Olhar pela Educação | Instituto Melissa Elisa |

Olhar Pela Educação
Um projeto criado pelo Instituto Melissa Elisa de Projetos Sociais, mantido com recursos do A3 e do Portal Informe Franca
e que atende a portadores de deficiência visual, ofertando material acessível para seus estudos

Podem participar
1 – Deficientes visuais que estejam no ensino médio ou em universidade
e que não tenham material digital próprio para uso nas aulas
2 – Deficientes visuais que tenham renda de até 3, salários mínimos em casa, somadas todas as pessoas da família
3 – Deficientes visuais que tenham laudo médico que ateste a sua deficiência
4 – Deficientes visuais que sejam de escolas públicas e não tenham recebido material de acessibilidade do governo
5 – Deficientes visuais que estejam em universidade pública ou privada, desde que com bolsa de estudos

Como funciona?
O deficiente visual que preencher os requisitos, pode se inscrever neste espaço
Ele será analisado de acordo com material disponível para distribuição
Então, ao ser selecionado e cumprindo os requisitos ele será contemplado

O material será do invisual, que será acompanhado pelo Instituto Melissa Elisa durante todo o seu processo de formação
Ao terminar o colégio ou universidade, o deficiente visual ganha o direito de ficar com o material
Se ele abandonar os estudos por alguma razão, o material deve ser devolvido para ser repassado a outro Invisual

Além dos requisitos acima descritos os participantes do projeto precisam ainda
1 – Comprovar frequência escolar ou universitária
2 – Apresentar histórico de notas e provas
3 – Apresentar comprovantes de renda anual, que garantam que ainda cumprem os requisitos para continuar com o material
Se eventualmente o deficiente visual deixar a condição o material deve ser devolvido para que outro faça uso

Para se inscrever no projeto, os interessados devem encaminhar mensagem de e-mail para o endereço:

institutomelissaelisa@a3.net.br

Neste e-mail devem constar:
Nome, endereço, telefone e e-mail de contato.
Anexo do RG, Laudo médico que ateste a deficiência, e comprovante de renda e de endereço.

É importante salientar que todas as informações serão checadas
Se houver informações falsas a ser prestadas o responsável poderá ser penalizado de acordo com a Lei