Vaga no STF – André Mendonça pode não ser Ministro da Suprema Corte

Por Guilherme Kalel e Mariana Maritan

G7 Informe 16/09/2021 | 5h59

O indicado pelo Presidente Jair Bolsonaro, André Mendonça, a ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal, ainda não conseguiu se viabilizar no cargo.
O nome de Mendonça não é visto com bons olhos pelos senadores que tem retardado a votação para a sua indicação.
Nunca antes algo do tipo tinha ocorrido no Brasil.
A cadeira deixada por Marco Aurélio em 12 de julho, está vaga há 2 meses.
André Mendonça contudo, tem esperança de ocupa-la.

Mas nos bastidores a informação é diferente.
O governo federal não tem nem uma pretensão de fazer pressão em favor do futuro Ministro.
A ideia é de dizer que seu nome não se viabilizou politicamente.
Os senadores tem outro nome de preferência para o cargo, o do Procurador-Geral, Algusto Aras.
Ou ainda, de algum Ministro do STJ, como Humberto Martins.

Enquanto essa definição não segue, Mendonça tenta convencer senadores de sua indicação.
Até aqui, apenas 25 dão apoio declarado a ele no Senado.
Para passar e ser indicado precisaria de 41 votos favoráveis.