AME de Franca volta a atender pacientes e agenda mais de 6 mil procedimentos na 1ª semana

Por Karoline Nascimento

Do G7 Informe – 13/09/2021 | 7h55

Diante ao agravamento da pandemia da Covid-19 no começo de 2021, e a explosão de casos e pessoas esperando leito para internação, o Ambulatório Médico de Especialidades da
cidade, mantido pelo governo estadual, foi transformado em hospital de campanha.
Durante mais de 6 meses, operou nesse modelo atendendo pacientes em leitos de UTI e enfermaria.
E depois do avanço da vacinação, o hospital acabou sendo desativado no começo de agosto.

Agora em setembro, depois do local ser higienizado, está pronto para voltar a funcionar como antes.
Um lugar para consultas com especialidades e cirurgias eletivas de pequeno porte.
Nessa 1ª semana de atendimentos, o AME reagendou pelo menos 6 mil consultas e procedimentos eletivos.
Um número gigantesco e que mostra um pouco da demanda suprimida que teve no local.
Se antes os médicos trabalhavam para salvar vidas de pacientes com Covid-19, agora é hora de voltarem a rotina.
E com isso, atender como antes nunca o AME atendeu.

Mas, pessoas que tinham procedimentos agendados no começo do ano, e não estão nessa primeira lista, terão que esperar.
O ambulatório está fazendo uma seleção e triagem dos pacientes.
Aqueles considerados prioridade, com casos mais graves, devem ser atendidos primeiro.
Com isso, casos menos graves como cirurgias de catarata por exemplo, devem demorar um pouco mais para sair.

A maior parte das consultas no AME, são nas áreas de cardiologia, urologia e oftalmologia.
Mas isso pode mudar.
Há uma grande demanda suprimida de todas as especialidades hoje em Franca.
Por isso, é buscado ampliar esse atendimento e as especialidades atendidas no processo.

Edição – Lívia Tomazelli