Osasco aprova moção de repúdio a Ministro por fala contra alunos com deficiência

Por Luara Pecker

Do G7 Informe – 29/08/2021 | 7h30

A cidade de Osasco, por meio de sua Câmara Municipal, aprovou na sexta-feira, 27, uma moção de repúdio contra o Ministro da Educação do governo Bolsonaro.
A moção, é em referência a uma fala proferida pelo Ministro na semana passada, contra alunos deficientes nas escolas.
Na visão do Ministro, esses alunos só tumultuam o ambiente escolar e atrapalham o desempenho dos demais estudantes.
Para ele, esse tipo de pessoa não deveria estar em classes ditas comuns, ou seja, com pessoas sem deficiência.

A moção, repudia a fala que não representa os avanços que o Brasil já teve nessa questão.
Ao longo dos últimos anos, os alunos deficientes conseguiram depois de muita luta, avançar com os estudos e os recursos de acessibilidade para isso.
No entanto, desde que tomou posse, o Presidente Jair Bolsonaro vem permitindo o desmonte de cada um desses avanços.

Essa não foi a primeira vez, que o Ministro da Educação deu declarações contrárias ao ensino de deficientes nas escolas convencionais.
Desde que tomou posse, ele tratou do assunto em outras duas oportunidades, sempre contra a inclusão.