Franca desativa leitos de UTI para pacientes com Coronavírus – Cidade chegou a 940 óbitos pela doença ontem

Por Karoline Nascimento

Do G7 Informe – 20/08/2021 | 5h59

A cidade de Franca registrou nesta quinta-feira, 19 de agosto, uma morte provocada pela Covid-19.
A vítima foi uma idosa de 67 anos, que tinha doenças anteriores a Covid.
Com seu óbito, Franca contabiliza 940 mortes, desde o começo da pandemia.

126 novos casos positivos foram somados a lista de infectados ontem,
elevando o número para 41314 pessoas que tem a doença.
Dessas, 32573 se recuperaram.
Subiu também, o número de pessoas que fizeram testes e esperam seus resultados,
são 6295 francanos nessa situação.

O que chama a atenção, é que apesar do número de casos, a cidade começou a fechar leitos que atendem pacientes com Coronavírus.
O Ambulatório Médico de Especialidades, AME, que vinha sendo usado como hospital de campanha, começou seu desmonte.
Nesta quinta-feira, 22 leitos UTI e 3 de enfermaria, foram desligados na unidade.
Que a partir de setembro, vai voltar a atender pacientes convencionais para exames e pequenas cirurgias, após passar por processo de descontaminação e higienização.

Franca tem agora, 58 leitos de UTI públicos para atender pessoas com Covid-19,
dos quais 36 estão com pacientes.
A rede particular, tem 13 vagas das quais, 6 estão ocupadas.
Somadas as duas redes possuem, 25 leitos de enfermaria, em que, 14 tinham pacientes na data desta quinta-feira, 19.

Edição – Luara Pecker