Senado segura indicação de Mendonça em meio a confrontos entre Bolsonaro e STF

Por Tayla Vieira

Do G7 Informe – 17/08/2021 | 7h

O Senado Federal tem segurado e deve continuar, a indicação de André Mendonça a vaga de Ministro do STF.
O Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ainda não decidiu quando vai ler a mensagem de indicação de Mendonça para o cargo que é emitida pelo Presidente Jair Bolsonaro.
Após ele ler, começa a contar o prazo para a sabatina e votação de Mendonça.
Mas o Senado Federal, está reticente quanto a fazer esse trâmite agora.
Exatamente porque, o Presidente Jair Bolsonaro tem perseguido o STF e seus Ministros com uma série de ataques sem sentidos, gerando uma crise institucional.
Mendonça, tem um perfil muito similar ao de Bolsonaro e a avaliação, é que sua indicação nesse instante não seria possível.

Pelo que se configura com o cenário de crise, Pacheco não deve pauta-la agora em agosto,
isso pode ficar para o mês que vem.
Mendonça, ainda não tem o apoio que precisa para ser aprovado a ocupar uma cadeira no STF.
Para seguir com sua nomeação, ele precisa do apoio de 41 senadores em voto no Plenário a favor de sua indicação.
Apenas 26, o apoiam nesse instante.

Edição – Guilherme Kalel