Com teorias e desinformação, TSE vai adotar medidas para tornar eleições mais transparentes no Brasil

Por Tayla Vieira

Do G7 Informe – 13/08/2021 | 6h

O Tribunal Superior Eleitoral, anunciou nesta quinta-feira, 12, medidas que irão tornar mais transparente o processo eleitoral brasileiro.
As medidas ocorrem, em momento em que o Presidente Jair Bolsonaro, vem colocando em risco o processo eleitoral no Brasil com declarações falsas de fraude.
Para provar que não há falhas, o Tribunal desde outubro de 2021, 1 ano antes das eleições, permitirá que partidos e técnicos inspecionem o processo eleitoral do começo ao
final.
Acompanhe a instalação dos programas das urnas e façam auditorias antes das eleições.
No dia da votação, os partidos poderão enviar fiscais, que irão constatar que, o resultado saído das urnas é mesmo, uma realidade.

Com essas medidas adotadas, o Presidente do TSE, Luis Roberto Barroso, acredita por mais luz as afirmações obscuras e sem fundamentos de Bolsonaro, de fraude nas eleições.
O voto impresso, uma bandeira defendida por Bolsonaro, e que foi derrotado na terça-feira na Câmara dos deputados, seria um retrocesso a democracia,
explicou o Presidente do Tribunal.

Edição – Guilherme Kalel