PIX poderá ser usado para compras Online e transações por aplicativo de mensagens

Por Vanessa Rezende

Do G7 Informe – 25/07/2021 | 6h58

Quem usa o PIX hoje para as suas transações financeiras, deve se preparar para uma nova atualização.
A partir do dia 30 de agosto, o programa vai poder ser usado para pagar, todas as suas compras Online.
Hoje, poucos estabelecimentos oferecem essa modalidade de pagamento em suas plataformas.
Além disso, transações poderão ser realizadas, através de aplicativos de mensagens e redes sociais.

Isso faz parte do Openfinance, novo sistema que o Banco Central brasileiro colocou no ar, em 15 de julho.
Somente as instituições participantes do novo sistema, terão a possibilidade de fazer essas transações.
O PIX foi lançado no ano passado, e rapidamente ganhou o gosto popular.
Hoje, as transações bancárias feitas por PIX, superam as transferências por TED, DOC ou pagamentos por boleto.
Também, o fato de o PIX não cobrar taxas, tem feito com que empresas e clientes optem por essa forma de pagamento, substituindo o cartão de débito.
No caso de crédito, isso também deve ser substituído em breve.
O Banco Central estuda, criar um PIX parcelado.
Assim a pessoa poderia usar como se fosse um cartão, um limite mensal para programar descontos em suas contas, via PIX.
Mas esse projeto não é para agora, por hora apenas a liberação de pagamentos Online.

No entanto é preciso se fazer um alerta as pessoas.
Apesar de ser bom, o PIX tem sido muito usado para golpes de diversas naturezas.
Além disso a insegurança causada por aplicativos como Whatsapp, Facebook, fazem com que os usuários pensem e repensem, se é realmente seguro usar essas plataformas para
transações.
Talvez o melhor seria, o PIX direto pelo aplicativo do banco, que é mais seguro.

Edição – Guilherme Kalel