Golpe Online – Mercado livre comete crime de estelionato contra clientes

Por Guilherme Kalel e Laura Castro

Especial para o G7 Informe – 25/07/2021 | 8h05

O G7 Informe denunciou com exclusividade no final de junho, que o Mercado Livre não estava entregando produtos comprados por seus clientes que pagavam o valor avista.
Os recursos pagos em boleto, ou por conta do próprio Mercado Pago, não estavam garantindo o recebimento dos produtos para as pessoas que os compravam,
e que ficavam sem ter como receber o dinheiro de volta.
Na oportunidade, a empresa após as reportagens do G7, começou a entregar os produtos para os clientes lesados.
Foram mais de 200 denúncias registradas e relatadas, nas páginas do G7 Informe.

Mais uma vez, o Mercado Livre é tema de reportagem,
desta vez para tratar de algo mais sério.
O crime de estelionato cometido pela empresa, que é muito mais grave nessa forma que na outra.
Clientes que compram celulares pela plataforma, estariam recebendo imitações, não os originais.
Ao solicitar a devolução além de ter que pagar uma embalagem nos Correios, que o Mercado Livre não paga, os clientes ainda ficam no prejuízo.

Isso porque, a plataforma de vendas tem se negado devolver o dinheiro após a devolução das imitações.
Com a desculpa de que o vendedor precisa receber o produto e revisa-lo, o Mercado Livre não devolve os valores pagos pelas pessoas.
O preço de um telefone normal, em uma réplica.
Muitos clientes procuraram a Reportagem do G7 Informe, para que denunciassem a prática.
A Advogada Leticia Veiga, orienta que cada pessoa que foi lesada por esse tipo de prática, procure o Procon, e a delegacia mais próxima.
Um boletim de ocorrência por estelionato deve ser registrado, uma queixa no Procon formalizada, e na sequência uma ação judicial deve ser aberta.
Além de processar criminalmente o Mercado Livre pelo crime de estelionato e apropriação indébita, o Site ainda deve responder cível por danos morais e materiais.
Afinal o cliente foi lesado, pagou por algo que não recebeu o original, e ao devolver, não recebeu dinheiro de sua compra de volta.