Decisão final da Aneel autoriza aumento de 52% em tarifas da conta de luz

Por Vanessa Rezende, Do G7 Informe]

30/06/2021 | 6h

A partir de 1º de julho, as contas de energia elétrica ficam mais caras no Brasil.
A Agencia Nacional que regula o setor, autorizou um aumento de 52% na taxa de bandeira vermelha 2, atualmente cobrada por cada 100 KWH consumidos.
O valor passa dos atuais R$ 6,24 para R$ 9,49.
O número poderia ser pior, ou ainda pode.
A Aneel, havia falado em um parecer que o reajuste poderia chegar a 92%, com um número chegando a casa de R$ 12,00.
Mas a agencia optou por um reajuste menor nesse momento e que valerá pelo menos até novembro de 2021.

Mas não está descartado, se houver prejuízos ao setor e necessidade maior, de novos reajustes diz trecho de comunicado da Aneel.
As expectativas são que, o Brasil enfrente um problema de falta de energia por falta de chuvas, no 2º semestre.
As usinas termoelétricas, mais caras que as hidroelétricas, terão que ser acionadas e mantidas por mais tempo.
É isso que vai encarecer ainda mais a conta de luz dos brasileiros, que já vinha sendo uma das vilãs no Orçamento doméstico.