Escândalo – Saúde aplicou sobra de vacinas em familiares de funcionários da Prefeitura de Franca

Por Guilherme Kalel e Eduarda Sampaio, Do G7 Informe

15/06/2021 | 6h

A cidade de Franca está diante de mais um escândalo envolvendo a administração municipal.
A denúncia é que, a Secretaria da Saúde orientou as unidades básicas para que usassem as chamadas xepas da vacina contra a Covid-19.
Essas xepas, são sobras da vacinação que geralmente ficam em frascos abertos para que possam ser aplicados nas pessoas.
A Secretaria orientava para que, pessoas fossem acionadas via telefone para que fossem as unidades receber as doses extras, afim de não se perder vacina.

Mas, enfermeiros relatam que a Vigilância em Saúde de Franca, não tinha pessoal suficiente para acionar os idosos que deveriam receber a vacinação.
Como a vacina que sobrava precisava ser usada no dia em que era aberta, ou perde sua eficácia, então outra orientação surgiu.
A que familiares de funcionários e até funcionários da Prefeitura, recebessem as doses.

O Secretário da Saúde Lucas Souza, sabia da aplicação da Xepa da vacina.
E ele nada fez para denunciar ou evitar a prática, que acabou sendo ilegal, porque permitiu criar em Franca um esquema de fura fila das vacinas.

Lucas tinha dito há alguns dias em depoimento a vereadores de Franca, que não sabia das xepas aplicadas.
Foi desmentido por mais de um servidor público Municipal, o que por si só é grave, muito grave.
Por enquanto, ele que é servidor público de carreira, segue no cargo como Secretário de Saúde e não foi afastado de suas funções.
Na Prefeitura, as ordens são para não falar sobre o assunto, investigado por uma Comissão da Câmara de Franca.