Pandemia – Franca tem dados represados e contabilização atrasada de mortos pela Covid-19

Por Mariana Maritan, Do G7 Informe

04/06/2021 | 8h

A cidade de Franca registrou nesta quinta-feira, 3, 203 novos casos de pacientes infectados pela Covid-19.
São agora, 30725 pessoas que foram contaminadas pela doença na cidade.
Deste total, 25316 pessoas se recuperaram da doença. mas outras mais de 4 mil estão infectadas.
O número de pessoas que aguarda resultados para saber se tem ou não a doença, ainda é alto, são mais de 3900 pessoas nessa fila, um dado alarmante.
Há nesse instante, 59 pessoas internadas em leitos de UTI na rede pública de saúde, que ao todo tem 60 vagas para internações.
Na rede particular, existem 39 hospitalizados em 47 leitos.
Nas enfermarias são 64 pessoas internadas nesse momento, 68 leitos foram criados para receber as pessoas nessa fase.

O número de pacientes aguardando vagas em UTI é grande em Franca.
Mais de 50 pessoas estão no Pronto Socorro hospitalizadas.
Pelo menos 43 delas precisam de leitos de UTI.

As mortes são um dado que merecem a atenção.
O boletim da Secretaria Municipal da Saúde, registra uma única morte em Franca nesta quinta-feira, 3.
O falecido era um homem de 39 anos de idade com comorbidades.
Mas essa não foi a única morte que ocorreu na cidade.
Os dados obtidos com exclusividade pela Reportagem do G7 Informe, mostram que há represamento das informações.
Não se sabe ainda se por causa do feriado, ou o que ocorreu.
A Reportagem tenta contato com a Prefeitura de Franca para esclarecer a discrepância.

De acordo com os dados que foram obtidos, pelo menos 5 sepultamentos foram realizados em Franca nesta quinta-feira, de pessoas que tinham Coronavírus.
3 deles, que faleceram entre a madrugada e o começo da manhã de quinta-feira, 3. Por tanto, deveriam estar nos dados.
Um dos dados represados, é do sogro do Jornalista Guilherme Kalel, fundador e Editor deste G7 Informe.
Ele faleceu na madrugada desta quinta-feira, por Covid-19, estando hospitalizado por 12 dias.