Operação da PF mira desvios de recursos públicos no Amazonas e tem troca de tiros na detenção de empresário

Por Lara Castro, Do G7 Informe

03/06/2021 | 6h

Uma operação da Polícia Federal, deflagrada na manhã desta quarta-feira, 2 de junho, visa desarticular um esquema criminoso montado no governo do Amazonas.
A suspeita é que tenha ocorrido desvio de recursos públicos, em partes federais, no combate a pandemia do novo Coronavírus no estado.
Um empresário dono de um hospital, alugado pelo governo para atender a pacientes com Covid, chegou a ser detido pela PF no começo da manhã.
Os agentes foram surpreendidos ao chegarem em sua casa, e serem recebidos a tiros pelo empresário.
No imóvel, os policiais apreenderam 4 armas após controlarem a situação.
A Procuradoria-Geral, avisada sobre a situação, avisou os Desembargadores do Superior Tribunal de Justiça, que autorizaram a ação, sobre o ocorrido.

O Secretário de Saúde estadual, foi preso na noite de quarta-feira em um Aeroporto do Amazonas.
Ele também era alvo da operação, mas não foi localizado em nem um dos 3 endereços que constavam nas bases da polícia.
No momento de sua detenção, ele já era considerado foragido.
O governador do estado Wilson Lima, foi alvo da mesma operação mas não com mandados de prisão.
Na casa e na sede do governo, os policiais apreenderam documentos, computadores e celulares, usados pelo governador.