Depois de Savegnago, farmácias também conseguem na Justiça o direito de abrir no Lockdown

Por Guilherme Kalel, Do G7 Informe

01/06/2021 | 19h

As redes de farmácias de Franca reabrem suas portas a partir da manhã desta quarta-feira, 2, na cidade de Franca.
Os estabelecimentos ficaram por 6 dias fechados, por conta do decreto de Lockdown, emitido pelo Prefeito Alexandre Ferreira.
A Associação das Farmácias em Franca entrou na Justiça para solicitar a reabertura dos estabelecimentos, mesmo em meio ao Lockdown.
Assim como a rede de supermercados Savegnago, os farmacêuticos convenceram a Justiça da necessidade de se abrir mesmo na fase mais restrita da pandemia.

Uma das justificativas é que a população que necessita de medicação do programa Farmácia Popular, não pode receber o mesmo em casa.
Por isso precisariam se deslocar ao estabelecimento para fazer o processo de retirada dos medicamentos.
A Associação de Supermercados de Franca, também ingressou na Justiça para conseguir que a liminar dada ao Savegnago, seja estendida a outros mercados no Município.
Isso iria garantir que todo o seguimento reabrisse suas portas mesmo no decreto de Lockdown.