Pronto Socorro tem dia de movimentação intensa e 54 internados a espera de leitos em hospitais

Por Mariana Maritan, Do G7 Informe

31/05/2021 | 18h52

A cidade de Franca vive nesta segunda-feira, 31 de maio, seu 5º dia de Lockdown.
E teve mais um dia de movimentação intensa no Pronto Socorro Municipal.
Porta de entrada da rede de saúde para atendimento de pacientes com Coronavírus, a procura na unidade foi intensa ao longo de todo o dia, com mais de 100 pessoas que passaram
ou aguardavam atendimento se somados os períodos da manhã e tarde.
Na unidade de saúde, existem 54 pacientes que estão internados a espera de um leito para hospitais, sem previsão de recebê-los.
O tempo de espera média de um leito é de 20 dias no PS.
32 dessas pessoas precisam de um leito em UTI, e outras 22 de enfermaria.
Na UPA do Aeroporto, na zona sul da cidade, mais 4 pacientes hospitalizados também necessitam de UTI, e não tem.

Franca continua longe de viver uma situação confortável no tocante a Covid-19.
O Prefeito Municipal descartou usar o Hospital da Caridade na cidade, para receber pacientes.
Isso porque, a instituição que teve um contrato com a Prefeitura no ano passado, foi embargada por uma ação do Ministério Público Federal, por desviar recursos públicos.