São Paulo implementa plano para tentar frear variante indiana da Covid-19

Publicado em: 24/05/2021 | 9h30

Lívia Tomazelli, Do G7 Informe

A Prefeitura de São Paulo informou nesta segunda-feira, 24, a criação de um plano de enfrentamento a Covid-19, que visa evitar o espalhamento da variante indiana na capital
paulista.
A variante foi detectada em países vizinhos ao Brasil e no estado do Maranhão.
A partir de hoje, barreiras sanitárias serão instaladas em aeroportos, rodovias e rodoviárias da capital paulista.
Todas as pessoas vindas de algum lugar com suspeita do contágio serão testadas para a Covid-19.
Em caso de positivo, ficarão em isolamento inicial de 10 dias afim de se evitar que a variante se espalhe.

A medida acontece num momento em que, o mundo vive uma 3ª onda do novo Coronavírus, que se dissemina a partir da Índia.
No país, milhares de pessoas estão morrendo com essa nova variante e pela falta de um plano de contenção do governo local.
As vacinas também foram insuficientes para que imunizassem toda a população, de um dos maiores países do planeta.
Os relatos são de que, corpos estão sendo sepultados a margens de rios, porque não há espaço em cemitérios indianos.
Situação de caos, num país marcado pela doença.

No Brasil, a Prefeitura segue os protocolos de monitoramento em São Paulo e em outras cidades.
No Maranhão onde a cepa já foi identificada, o Ministério da Saúde tem agido para tentar evitar sua proliferação.