Cidades no interior paulista sofrem com disparada do Coronavírus

Publicado em: 22/05/2021 | 6h

Lívia Tomazelli, Do G7 Informe

Com mais de 440 mil mortes registradas só no Brasil, a Covid-19 continua a crescer em números e preocupar a maior parte das autoridades.
Uma doença traiçoeira, o vírus provou por mais de uma vez que está longe, muito longe ver seu desaparecimento da vida das pessoas.
Muitas cidades que no começo do ano de 2021 tiveram pico da doença e que estavam acreditando estarem agora com um controle maior sobre os casos tem visto essa afirmativa cair por terra.
O número de internações continua a crescer, especialmente no interior do estado de São Paulo, que ainda é o epicentro da pandemia no Brasil.

Por causa desses números, muitas cidades decretaram Lockdown, total ou parcial mesmo contra a vontade da maior parte de moradores.
Em Batatais, na região de Ribeirão Preto, a cidade está fechada desde 15 de maio.
A previsão é que o fechamento se estenda até o dia 31, e que seja prorrogado por mais tempo se houver necessidade.
A cidade tem todo o comercio fechado, e somente farmácias e postos de combustíveis podem abrir.
Os supermercados só atendem por Delivery.

Já em Franca, desde a quinta-feira, 20 de maio, o comercio está proibido de funcionar.
A cidade viu uma disparada no número de casos, de mortes e pior, de pessoas que esperam por atendimento e por vagas.
A escassez ´´é tão grande, que mais de 50 pessoas esperavam por um leito no Pronto Socorro Municipal, quando da atualização desta reportagem.

Em Bebedouro, também há Lockdown.
A cidade entrou na forma mais restritiva, no último final de semana e deve permanecer isolada pelo menos até o dia 30 de maio.